segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

O gosto da vitória atribui sentido ao sofrimento.



Você já ficou sem dormir mais de três dias seguidos?
Provavelmente não...

Durante um treinamento militar no Interior de Minas Gerais, minha tropa ficou praticamente 10 dias sem dormir, com água e comida racionada.

Depois do 3º dia sem dormir, mal alimentados e desidratados, muitos dos meus companheiros já davam mostras de que algo estava mudando em suas reações.

No 8º dia sem sono, sem banho, com pouca água e comida, exercício puxado e pressão psicológica, lembro que dormir em pé e acordar caindo era comum e acontecia até de dormirmos andando...sem falar nas mudanças que pude perceber nas reações dos companheiros. A maioria totalmente sem qualquer vestígio de suas personalidades otimistas e amistosas.

No 10º dia,  já no limite das nossas forças, fomos feitos "prisioneiros de guerra" e levados para um campo de concentração, onde fomos  testados até o máximo de nossa capacidade física e mental.
Lembro-me de ter perdido por várias vezes a noção do que era real e do que era "treinamento".

Após a "grande fuga" quando pensamos ter acabado o inferno, fomos informados que o nosso destino era uma pequena cidade que distava aproximadamente 60 km  de onde estávamos...E teríamos que caminhar até lá, sem nada que pudesse nos ajudar.
Até os botões das nossas fardas e os cadarços dos coturnos foram arrancados.

Muitos desistiram, outros ficaram impedidos de andar devido a ferimentos, outros se perderam e tiveram que ser resgatados por equipes de apoio e alguns simplesmente perderam simplesmente a vontade de cumprir a missão...enfim poucos chegaram caminhando com seus próprios pés.

Minhas roupas íntimas haviam apodrecido, minhas meias misturavam-se com sangue e lama dentro dos meus coturnos...eu caminhava quase em estado de choque...não tinha bússola, carta ou arma, só a presença de cinco companheiros tão ou mais prejudicados que eu.
Eu olhava para aqueles olhos fundos, barbas por fazer e buscava força em Deus para continuar.

Mas o que mais me chamou a atenção em toda essa experiência, foi o momento em que avistei a pequena cidadezinha, objetivo da nossa caminhada final.
Uma faixa enorme dizia: "Os covardes nem tentaram, os fracos ficaram no caminho, só os fortes conseguiram."
Embaixo daquela faixa, havia uma mesa gigantesca com todo tipo de guloseimas, frutas, chocolates, bolos, bebidas, além de médicos e enfermeiros para tratar dos nossos ferimentos.
Uma multidão, cercava a rua dos dois lados e aplaudia cada um que chegava, sujo, mancando, roupa rasgada, se arrastando, mas chegava...a cidade toda parecia estar presente!

Por um momento, todos os instantes em que estive para desistir passaram pela minha mente.
Mas agora estava ali e nenhum sofrimento que vivi naqueles dez dias, se comparava àqueles segundos de reconhecimento e vitória.
Me dirigi aos meu companheiros e disse:
- Já que chegamos até aqui, vamos entrar em forma!
Seis farrapos entraram na cidade marchando sob aplausos...

Vale a pena tentar um pouco mais!
Seu limite está sempre um passo adiante...
Continue mesmo que no momento seu sofrimento não faça nenhum sentido, pois:
O gosto da vitória atribui sentido ao sofrimento!

4 comentários:

  1. Concordo com tudo que disse e passei por momentos na minha vida em que não conseguia entender o pq ! Mas no final, quer dizer, na vitória...nossa, que benção, e o estranho é que a restituição de tudo que foi ou que achávamos que tivéssemos perdido vem em dobro, é sensacional o gosto da vitória !!

    Abraços...

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Marcinha pela participação.

    ResponderExcluir
  3. Bem 1º eu passei essa sua provação por email para algumas pessoas.
    Isso é otimo!
    você dividir esse tipo provação com outras pessoas, pois tem tantas ao ponto de desistir de "tudo" para ter um momento de paz e alegria achando assim que se livraram do tomenrto e infelismente isso não é verdade!
    Beto parabens por sua vitoria e mais ainda por dividir ela com pessoas que estão por um fio e quando leem essa mensagem elas acreditam em mudar sua forma de agir diante das dificuldades.
    Parabens mesmo
    vc é um guerreiro!!

    Att.
    nathan_ares@hotmail.com

    ResponderExcluir

Assine nosso feed:

Os Desertos da Vida

↑ Grab this Headline Animator